Homepage
     História de Francisco
     Factos Históricos
     Documentação:
     Principado da Fuzeta
     Programa do Governo
     Notas de Imprensa
     Livro de Visitas
     Contactos
 |«   «  1 2 3 4 5 ...6  »   »| 
Página I
Página II
Transcrição
 

O Bacharel João Vidal da Costa e Souza

Dona Maria por graça de Deus Raynha de Portugal cetera. Faço saber aos que esta minha Carta de Doação virem que tendo respeito a haver-me representado João Vidal da Costa de Souza, Dezembargador da Relação do Porto, e superintendente dos Tabacos do Reyno do Algarve, Juiz da Alfandega da Cidade de Faro, Administrador da Comenda de Mértola, e dos Assentos das  Muniçoens de Boca das Tropas do dito Reyno que não tendo elle pedido nem recebido até agora despacho algum de serviços feitos no decurso de 25 anos com inteiro cumprimento de suas obrigações e utilidade da Minha Real Fazenda houvesse por bem fazer-lhe mercé para si e seus sucessores das terras da Ataboeira proximas ao lugar da Fuzeta na termo da Cidade de Tavira no mesmo reyno sem foro ou pensão alguma em attenção às avultadas despezas que devia fazer nas grandes vallas precizas para a vazão das águas de hum terreno inculso e pantanoso cuja estanação inficionava todas as povoaçoens vizinhas seguindo-se da cultura a que propunha das referidas terras, não só o beneficio da Saúde Pública mas também o augmento da lavoura tão necessária naquelle Reyno. Com consideração de todo o referido Hey por bem fazer mercé ao dito João Vidal da Costa e Souza das terras da Ataboeira junto á Fuzeta, demarcadas no Livro 2º dos Tombos do anno de 1599, e das mais terras contiguas que não tem sido dadas no sitío da Fuzeta para elle as beneficiar e reduzir a cultura em remuneração dos seus serviços e beneficio da mesma Agricultura. E sou outro sim servida que em lugar de foro haja elle para si e para os seus sucessores as mesmas terras com a natureza de sesmaria para o efeito de se lhe tirarem dentro de dez annos as não reduzir a cultura, e se depois deixarem de se cultivar se procederá na forma da Ley do Reyno. Lisboa 24 de Novembro de 1794. O Principe com guarda passado por Decreto de sua Magestade em 26 de Setembro de 1794.

LAN/TT, Registo geral de mercês. Mercês de D.Maria I, liv.22, tl.262-262v

NETEURO © 2008